CORREIO XAPURI – Edição 10

Edição 10 | 02 de abril de 2021

DESTAQUES DA SEMANA 
O melhor da Revista Xapuri
 27/03 a 02/04

Confere aí!

WANGARI MAATHAI

A Mãe da Terra
Wangari Maathai faz parte de um grupo de pessoas revolucionárias que conseguiram juntar em uma só bandeira as justas causas do meio ambiente e dos direitos humanos. Assim como Chico Mendes na Amazônia, Maathai lutou duramente contra a expropriação das terras públicas pelos barões do latifúndio no Quênia.

LEIA AQUI A MATÉRIA COMPLETA.

“Um cancro nos ovários levou Wangari Maathai do espaço físico deste mundo em 25 de setembro de 2011, aos 71 anos de idade. Seu legado persiste. Em 2012, a União Africana designou o 3 de março, Dia do Meio Ambiente na África, como o dia de Wangari Maathai.”

LIBERDADE

Um poema de Carlos Marighella
“Não ficarei tão só no campo da arte,
e, ânimo firme, sobranceiro e forte,
tudo farei por ti para exaltar-te,
serenamente, alheio à própria sorte.”

LEIA AQUI A MATÉRIA COMPLETA.

“Carlos Marighella: Nascido na Bahia, de pai operário italiano, mãe negra da etnia dos Haussás e origem humilde. Militante do Partido Comunista Brasileiro (PCB) e um dos líderes da Ação Nacional Libertadora (ALN). Preso em duas ditaduras, torturado, guerrilheiro e poeta.”

UnB-ANOS 60

Reflexões sobre a degradação da Utopia
Do conjunto de prédios projetados inicialmente por Niemeyer, Lelé e muitos outros expoentes, alguns nem saíram do papel, outros foram modificados brutalmente sem que seus agressores pudessem perceber, por ignorância, burrice ou falta de sensibilidade, a essência e filosofia de sua criação. Outros ainda foram destruídos na criação, como um aborto criminoso.

LEIA  AQUI A MATÉRIA COMPLETA.

“O “Minhocão” foi o genial resumo de tudo isso, nascido da cabeça de Niemeyer e transferido para a prancheta e para a realidade física, inovando todo um conceito antiquado em arquitetura de universidades.”

CARLOS MARIGHELLA COMUNISTA E POETA DE TODAS AS HORAS

Por Gilney Viana e Iara Xavier Pereira
Reúne textos, poemas e fotos de Carlos Marighella sobre as prisões de motivação política que sofreu em 1932, 1936 e 1964. São textos de Marighella denunciando arbitrariedades, torturas e violações dos direitos humanos e responsabilizando os regimes políticos que as produziram, particularmente, a ditadura de Getúlio Vargas, nos anos 1930 e 1940 e a ditadura militar instalada com o golpe de 1º de abril de 1964.

LIVES SOLIDÁRIAS

Boas-Vindas ao nosso encontro de Resistência nas Lives Solidárias. Veja o que aconteceu essa semana:

  • Segunda – 29/03 – COMUNICAÇÕES: BRASIL VIA SATÉLITE – Mediada por Andrea Matos, com a participação de Jaime Sautchuk, jornalista e editor da Revista Xapuri,  e do professor  Leonardo Ferreira, coordenador do Laboratório de Física dos Plasmas e do Observatório Astronômico do IF UnB. Veja AQUI.
  • Terça – 30/03 – DIREITO À ÁGUA E AO SANEAMENTO BÁSICO – Mediada por Iolanda Rocha, com a participação de Gabriela de Toledo, engenheira ambiental, e de Roberto Malvezzi (Gogó), filósofo e teólogo. Veja AQUI.
  • Quarta – 31/03 – O POVO KAYAPÓ E O DIREITO À CONSULTA PRÉVIA – Mediada por Ana Paula Sabino, com a participação de O-é Paiakan Kaiypó, assistente social e presidenta do Instituto Paiakan e de Bepnhoty Atdjyre, coordenador indígena da Associação Floresta Protegida. Veja AQUI.
  • Quinta – 01/03 – CULTURA, INSTRUMENTO PEDAGÓGICO: NOSSA ARTE DE RESISTIR – Mediada por Iêda Leal, com participação de Andréa Bak, ativista, artista e escritora, Paolla Miguel, vereadora pelo PT de Campinas e do MC MVHS. Veja AQUI.
  • Sexta – 26/03 -1964: DITADURA NUNCA MAIS! – Mediada por Iolanda Rocha e Andrea Matos, com a participação de José Dirceu, advogado e ex-preso político. Veja AQUI.

LEIA TAMBÉM:

LOJA SOLIDÁRIA

Esta Newsletter e todo nosso trabalho é financiado, em parte, com a venda dos produtos de nossa Loja Solidária. Por favor, visite, compre, divulgue, colabore!

REVISTA XAPURI

Leia AQUI a nossa última edição

EXPEDIENTE
Eduardo Meirelles [Editor] – Ana Paula Sabino – Agamenon Torres – Emir Bocchino – Janaína Faustino – João Victor Cieslak – Lúcia Resende – Priscila Gabriela Cerri – Zezé Weiss

Imagens: Wangari Maathai / Reprodução / Getty Images – Construção ICC/ EBC 

Deixe uma resposta

×
%d blogueiros gostam disto: